Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 17 de maio de 2010

DERRUBANDO MURALHAS

"Então o SENHOR disse a Josué: Saiba que entreguei nas suas mãos Jericó, seu rei e seus homens de guerra. Marche uma vez ao redor da cidade, com todos os homens armados. Faça isso durante seis dias. Sete sacerdotes levarão cada um uma trombeta de chifre de carneiro à frente da arca. No sétimo dia, marchem todos sete vezes ao redor da cidade, e os sacerdotes toquem as trombetas. Quando as trombetas soarem um longo toque, todo o povo dará um forte grito; o muro da cidade cairá e o povo atacará cada um do lugar onde estiver. (...) Quando soaram as trombetas o povo gritou. Ao som das trombetas e do forte grito, o muro caiu."
Josué 6.2-5,20


Para obter uma das vitórias mais inusitadas e gloriosas da Bíblia, o povo de Deus precisou seguir alguns passos básicos que movem a mão de Deus em favor do Seu Exército: (1) Marchar de uma só vez, (2) com todos os homens armados, (3) sacerdotes tocando as trombetas, (4) todo o povo daria um forte grito, e (5) ao som da voz do líder (Josué) o povo atacaria, cada um do lugar onde estivesse.

Nossa Igreja tem enfrentado grandes tribulações e provado dissabores na árdua batalha de combater o mal, em especial ultimamente, quando ela tem, na verdade, se misturado com ele, pelo simples fato de faltarem esses quesitos básicos:

(1) O povo de Deus está marchando aleatoriamente, convenientemente, individualmente, não de uma só vez, unidos em amor, como determina a Palavra do SENHOR.

(2) Nem todos os homens – poucos, na verdade – estão armados. Espiritualmente estamos indefesos enquanto carnalmente dispomos de um arsenal incrível com o qual disparamos sobre irmãos que professam a mesma fé, e disputamos espaço de destaque a todo custo no lugar onde somente Jesus deve ser o centro. Nossa luta, que é contra potestades e principados e não contra pessoas (Efésios 6.12), tem revertido os templos, de modo geral e por motivos diversos, em grandes campos de batalhas contra irmãos da mesma fé. É um corpo que combate a si mesmo.

(3) Sacerdotes de Deus têm deixado de tocar a trombeta. A verdadeira Palavra de Deus tem deixado de ser anunciada como deveria. O Evangelho tem sido negociado e profetas do Altíssimo têm se calado diante disso, se acovardando diante da árdua missão pregar a verdade, doa a quem doer, cumprindo o chamado de Jesus para serem luz e iluminar não só o mundo em trevas mas a parcela da Igreja que também está descambando para lá.

(4) O grito do povo de Deus tem sido gritos de histeria diante dos seus ídolos (super-pregadores, popstars gospel, etc). Também são gritos de "vitória" financeira, de conquistas terrenas, de exigências ao Deus Soberano. Homens "egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, (...) precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder" (1Timóteo 3.1-4) querem transformar esse Deus em um fantoche que age de acordo com a vontade de quem o manuseia. O povo que se chama pelo nome do SENHOR tem bradado gritos de emocionalismo, e não de humilhação e choro diante do SENHOR (Joel 2.12-13; 2Crônicas 7.14).

(5) O povo, além estar obedecendo a voz do Líder somente quando convém, não está atacando do seu lugar, mas fugindo do lugar onde Deus o colocou. Está saindo da posição de guerra para uma posição de conforto. Muitos cristãos têm caminhado por seus próprios passos, na sua própria direção, determinando para Deus onde ele quer ficar e o que ele quer fazer. Esquecem-se de um pensamento popular que tem tudo a ver com todo o contexto bíblico: "Casa em que todo mundo manda, só sobra desordem pra mãe Joana." Fosse pra todos mandarem, se não precisássemos de um Líder e SENHOR, Deus não haveria constituído Jesus como a cabeça do corpo (Efésios 5.23).

São situações lamentáveis na realidade de um povo que foi separado para ser santo sobre a terra (1Pedro 2.9-10). Mas você não precisa ser mais um nessa multidão. Vamos escolher sermos diferentes. Vamos escolher obedecer a Deus, ainda que pareça que somos os únicos na terra. Vamos confiar em Jesus, seguir Sua direção, mesmo que seja sofrível, pois Deus sabe onde estão os outros sete mil profetas que não dobraram seus joelhos a Baal (1Reis 19.13-18).

Se você faz parte desse Exército, busque em Deus mais Graça para fazer a diferença no seu meio e influenciar outros, seja com suas palavras, pregações, louvores, testemunho, orações. Vamos somar nossas vozes e, todas as vezes que nosso General Jesus Cristo ordenar, gritaremos com grande força ao som da Sua Trombeta – que é a Palavra Viva e Eficaz (Hebreus 4.12) que jamais volta vazia (Isaías 55.11).

Muralhas cairão.

E o povo santo que compõe a verdadeira Igreja de Cristo romperá e, dentre tanto joio, será revelado pelo SENHOR, naquele grande dia, para receber a coroação eterna (Mateus 13.24-30).



Elaine

Sala Nova da Rádio

SALA DE BATE PAPO DA RADIO RESGATANDO VIDAS

Instruções para mudar seu Nome na Sala de Bate Papo




MAPA DOS PAÍSES QUE ACESSAM O BLOG DA RÁDIO

Free counters!

Tawk.to

  © Blogger templates Palm by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP