Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

terça-feira, 15 de setembro de 2009

CURA DA ALMA ATRAVÉS DO PERDÃO ( parte2)

- O PERDÃO -

A cura interior é a renovação do nosso interior realizado por Deus, mas que depende da nossa atitude, da nossa vontade em ser curado, e o perdão é a atitude da nossa vontade de que mais necessitamos. É necessário perdoar quem nos rejeitou, abandonou, traiu, feriu, abusou, é necessário perdoar até nós mesmos, por nossas falhas cometidas no passado.

Não podemos permitir lembranças dolorosas em nossa vida, ressentimentos, sentimentos que nos irritam, nos iram, nos causam dor ao pensarmos. É preciso liberar o perdão, pois perdoar não é um sentimento que devemos esperar para conseguir fazê-lo, mas perdão é uma atitude da nossa vontade, é uma decisão.

Jesus disse acerca do credor incompassivo que : “ ele, porém, não quis (perdoá-lo), antes porém foi encerrá-lo na prisão, até que pagasse a dívida.” (Mt.18:30).

Portanto, com relação ao perdão, nunca podemos dizer: “não consigo perdoar, mas não quero perdoar”, mas devemos saber que “se não perdoarmos aos homens as suas ofensas, também nosso Pai não nos perdoará as nossas ofensas”(Mt.6:15). Até para ofertar na igreja precisamos estar em paz com as pessoas. “ Quando trouxerdes a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com o teu irmão, e depois vem e apresenta a tua oferta” (Mt.5:23,24).

A falta de perdão produz: amargura, mágoas, ódio, feridas na alma, doenças físicas, prisões espirituais (Mt.5:25,26) e, acima de tudo, condenação, pois, quando não perdoamos, não somos perdoados, e se não somos perdoados, estamos debaixo do pecado, e o salário do pecado é a morte eterna, a condenação.

- O QUE NÃO É PERDÃO -

* Perdoar não é aprovar comportamentos negativos e impróprios, tanto seus como de outras pessoas, como abusos, violência, agressão, traição e desonestidade.

* Perdoar não significa aceitar o que nos causa dor, e ficar passivo diante da situação, sem lutar para mudar as coisas e para proteger nossos direitos.

* Perdoar não é fingir que está tudo bem, quando na verdade não estiver.

* Perdoar não é ter pena da pessoa por considerá-la tola, estúpida ou inferior a nós. Isto é arrogância.

* Perdoar não é esquecer dos fatos, mas não sentir dor ou dano ao se lembrar, e nem deixar as lembranças dominarem ou causar qualquer barreira.

* Perdoar não é reprimir a raiva e o ressentimento.

* Perdoar não é querer sai “por cima” em toda situação, exigindo a humilhação da outra pessoa.

Sala Nova da Rádio

SALA DE BATE PAPO DA RADIO RESGATANDO VIDAS

Instruções para mudar seu Nome na Sala de Bate Papo




MAPA DOS PAÍSES QUE ACESSAM O BLOG DA RÁDIO

Free counters!

Tawk.to

  © Blogger templates Palm by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP