Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 8 de abril de 2010

O VERDADEIRO NOME DE HONRA

"E, vendo ele [João Batista] muitos dos fariseus e dos saduceus, que vinham ao seu batismo, dizia-lhes: Raça de víboras, quem vos ensinou a fugir a ira futura? Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento; e não presumais, de vós mesmos, dizendo: Temos por pai a Abraão; porque eu vos digo que, mesmo destas pedras, Deus pode suscitar filhos a Abraão."

Mateus 3.7-9





Muita gente se gaba pela linhagem a que pertence. O sobrenome realmente pode ser muito importante em alguns casos, e nos ajudar a conseguir diversos favores dos homens.



Há pessoas que usam dados da sua descendência para tirar proveito de situações das mais diversas.



Há, também, pessoas que usam da sua linhagem para tentar "livrar suas caras" por causa de atitudes inconvenientes.



E há até quem realmente pense ser melhor do que outras pessoas por causa do seu sobrenome de tradição e respeito.



Os fariseus e saduceus pensavam assim. Eles pensavam que eram eles o povo de Deus por serem da raça de Abraão, descendentes naturais do patriarca (Gênesis 17.8-8, 22.17-18; João 8.33). Mas se esqueceram que basta o fato de sermos seres humanos para que estejamos sujeitos ao pecado.



O orgulho e a falta de arrependimento, por exemplo, eram constantes em seu modo de vida, mas havia uma máscara que remontava desde Abraão e, por isso, se achavam melhores e mais dignos que as outras pessoas que não fossem do seu sangue.



Contudo, ao longo da Bíblia o Senhor tem nos mostrado que o arrependimento é a base de um bom relacionamento com Deus. Um batismo, sem arrependimento, nada mais é que um simples banho na água fria. Uma confissão, sem arrependimento, nada mais é que uma declaração em voz alta. Um pedido de perdão, sem arrependimento, nada mais é que um monte de palavras sendo ditas a ermo.



Para Deus, o que faz uma pessoa ser especial não é a linhagem a que ela pertence, até porque todos nós fomos criados por Deus. Para Deus, o que faz diferença, é o arrependimento, que gera obediência, que, por sua vez, nos aproxima do Senhor.



O que realmente interessa não é pertencer à raça de Abraão, mas ser descendente espiritual dele. Somente estes são o verdadeiro povo de Deus:



"Não que a palavra de Deus haja faltado, porque nem todos os que são de Israel são israelitas; nem por serem descendência de Abraão são todos filhos; mas: Em Isaque será chamada a tua descendência. Isto é, não são os filhos da carne que são filhos de Deus, mas os filhos da promessa são contados como descendência." (Romanos 9.6-8)



"De sorte que os que são da fé são benditos com o crente Abraão." (Gálatas 3.9)



Numa sociedade onde as pessoas são desfavorecidas e jogadas fora como pratos e copos descartáveis, vale mais quem tem um nome prestigiado. Mas, para Deus, alegra-Lhe mais quem tem seu nome escrito no Céu.



Foi por isso que Ele mandou Jesus: para garantir um nome de honra até aos indigentes, que não possuem um sobrenome ou uma identidade neste mundo...



Foi por isso que Jesus morreu e ressuscitou por todos nós: para garantir dos tesouros eternos até àqueles a quem o mundo mais desprezou.

Sala Nova da Rádio

SALA DE BATE PAPO DA RADIO RESGATANDO VIDAS

Instruções para mudar seu Nome na Sala de Bate Papo




MAPA DOS PAÍSES QUE ACESSAM O BLOG DA RÁDIO

Free counters!

Tawk.to

  © Blogger templates Palm by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP