Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

UM BOM PAI FAZ DECISõES SEGUNDO A VONTADE DE DEUS

Porém, a decisão de ser um pai, não é só uma decisão para a sala de
parto. É uma decisão diária. No século passado, os pais viviam seu
papel no dia a dia, trabalhando na fazenda ou num pequeno negócio
familiar com seus filhos. Crianças passavam muito tempo ao lado dos
seus pais, trabalhando juntos. Na sociedade moderna, no entanto, o
emprego cria uma distância entre pais e filhos. Alguns pais deixam a
casa antes que os filhos acordam. Outros chegam em casa muito tempo
depois que os filhos chegam da escola. Conseqüentemente, é possível,
e até comum um pai esquecer de seu papel de pai – e ficar desligado
emocionalmente de seus filhos. Ao longo do dia, a cada dia, os pais
precisam renovar sua decisão de ser pai. “Será que devo ir a essa
reunião”? “Este encontro é essencial”? “Será que posso organizar
esses compromissos para chegar mais cedo em casa”? Voltando para
casa, os pais precisam lembrar de tirar o “chapéu” de trabalho e
colocar seu chapéu de “pai”. É uma decisão para organizar seu tempo,
tomando o cuidado de reconciliar seu trabalho com a prioridade de
família.

Ser um bom pai significa tomar boas decisões que envolvem sacrifício.
Decisões que dizem a nossos filhos o que é importante para nós.

Em seu livro “Alcançando o Sucesso Sem Falhar co m Sua Família”, Paul
Faulkner descreve as decisões de um executivo de planos de seguro
saúde. Falando num congresso de executivos, o homem enfatizou a
importância de ser primeiro um bom pai. A filha do homem estava na
platéia.

“… no meio da sua palestra, o executivo virou para sua filha e
perguntou “Querida, você se lembra da vez em que eu ganhei o prêmio
por ter vendido um milhão em seguros por três anos consecutivos?

A filha dele respondeu “Não, pai, não me lembro disso.”

Daí, ele perguntou, “Bem, você lembra dos nossos passeios juntos para
comprar sorvete?”

A isso ela respondeu “Aí, sim!”

Daí, o executivo virou para a platéia e fez o ponto de que filhas não
se lembram quando você vende um milhão de seguros, mas, elas lembram
de seus passeios juntos.

Pais precisam não só decidir estarem envolvidos com seus filhos,
disponíveis e interessados naquilo que os interessa, mas, precisam
decidir que tipo de modelo eles serão. Que privilégio incrível, o
papel de moldar e formar pequenas crianças. Filhos têm uma capacidade
única de captar – eles não só vêem e ouvem mais, mas, eles reproduzem
o comportamento que observam em seus pais.


(2 parte) continua...

Max lucado

Sala Nova da Rádio

SALA DE BATE PAPO DA RADIO RESGATANDO VIDAS

Instruções para mudar seu Nome na Sala de Bate Papo




MAPA DOS PAÍSES QUE ACESSAM O BLOG DA RÁDIO

Free counters!

Tawk.to

  © Blogger templates Palm by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP